Para ver adequadamente, clique aqui.

 

 

 

 

Volume 3, nº 20 - Fevereiro 2013

 

 

 

  BPC entre os 20 melhores think tanks do mundo, na categoria “University Affiliated Think Tanks”
 
 
 
 

O BRICS Policy Center, que acaba de completar dois anos de funcionamento, foi escolhido, pelo segundo ano consecutivo, como um dos melhores Think Tanks do mundo. A classificação consta no relatório “The Global Go To Think Tanks”, de 2012 – uma iniciativa da Universidade da Pensilvânia (EUA) - que apresenta rankings dos think thanks mais relevantes, de diferentes regiões do mundo, a partir de consultas realizadas com especialistas nas diversas áreas. 

O BPC ocupa o 20º lugar da lista dos melhores “University Affiliated Think Tanks”, e é o único brasileiro da lista, que conta ainda com os centros de pesquisas das universidades de Harvard, Columbia, Yale, Stanford e King's College.

 

 

A menção ao BRICS Policy Center encontra-se na página 97 do Relatório, que pode ser acessado na íntegra, clicando aqui.

O Centro agradece à equipe, aos parceiros e colaboradores que contribuem com esse sucesso.

 

  Novas parcerias com o IBASE e INSIGHT
 
 

O BRICS Policy Center assinou, em Janeiro, o acordo de cooperação com o Instituto Brasileiro de Análises Sociais e Econômicas - IBASE. As principais áreas de colaboração previstas no convênio incluem: o desenvolvimento de pesquisas,  estudos acadêmicos e publicações, assim como promoção de eventos, conferências e seminários conjuntos, além de outras atividades que busquem reforçar os laços de cooperação e a parceria entre as duas instituições.

 

 

 

 

 

O BPC assinou também um acordo de cooperação com a Insight Comunicação, através de sua Revista Inteligência Insight. Nesse convênio, prentende-se realizar a troca de materiais bibliográficos, realizações de eventos conjuntos e a possibilidade de publicação de artigos do BPC na Revista.

 
  Publicações Acadêmicas
 

 

BRICS MONITORS - “Brasil e Índia na Agenda Internacional das Patentes”

Um recente Policy Brief do grupo sobre a evolução dos investimentos em P&D e dos registros de propriedade intelectual de produtos e processos de inovação industrial entre os países BRICS, concluiu que, apesar do relativo aumento dos investimos em P&D e da participação destes países no registro de patentes industriais no USPTO, este último indicador ainda revela uma desigualdade acentuada entre esses emergentes e as potências tradicionais no que se refere à inovação, não acompanhando o ritmo acelerado de crescimento econômico daqueles países nos últimos anos. Dentre os BRICS, Brasil e Índia são os países cuja atuação na agenda internacional da propriedade industrial mais tem se destacado historicamente. O presente Monitor tem como objetivo fornecer insumos para uma comparação entre as posições do Brasil e da Índia, tendo como foco principal a temática dos medicamentos genéricos. Dentre as conclusões desse estudou, percede-se que falta uma melhor articulação de interesses entre os dois países que possa fortalecer uma posição comum na arena internacional. A adoção de diferentes perspectivas e a carência de um diálogo mais aprofundado sobre o tema das patentes destacam-se como aspectos que contribuem para a dificuldade de superação deste quadro.

Clique aqui para acessar a publicação na íntegra.

 

BRICS MONITORS - “A quinta conferência ministerial do Forúm de Cooperação China-África”


Nos dias 19 e 20 de julho, ministros de Relações Exteriores e ministros encarregados da cooperação econômica internacional da China e 50 países africanos encontraram-se em Pequim para a realização da quinta conferência ministerial do Fórum de Cooperação China-África (FOCAC). Tido oficialmente como uma plataforma de cooperação e consulta horizontal em âmbito Sul-Sul, entre China e continente africano, o FOCAC teve sua primeira edição realizada no ano 2000. Desde então, a plataforma vem ganhando importante densidade institucional, acom-panhando a elevação da África na agenda internacional chinesa, processo refletido em aumentos espantosos da corrente de comércio, volume de investimentos e provisão de ajuda por parte da China. Este monitor apresenta um breve resumo das reuniões anteriores, bem como os principais desenvolvimentos da edição mais recente.

Clique aqui para acessar a publicação na íntegra.

 

  Eventos de Janeiro
 

 

No dia 24 de janeiro, o coordenador geral da Embrapa em Moçambique, Dr. José Luiz Bellini Leite, conduziu o colóquio "Cooperação Técnica Brasileira: Programa Embrapa-ABC em Moçambique" no BPC. Durante o evento, Dr. Bellini descreveu os três principais projetos da Embrapa em Moçambique e ressaltou o caráter de cooperação técnica desses projetos. Leia mais

 

 

 

 

 

 

No dia 04 de fevereiro, a coordenadora geral do BPC, profa. Adriana Erthal Abdenur, participou do encontro, promovido pela ActionAid Brasil e a Oxfam, com o objetivo de reunir diferentes organizações e redes da sociedade civil para discutir as estratégias de  participação da Sociedade Civil Brasileira na V Cúpula dos BRICS que será realizada nos dias 26 e 27 de março de 2013, em Durban (África do Sul).

 
  Mobilidade social e a qualidade de vida nas cidades dos BRICS
 
 

O acrônimo BRICS se refere a um seleto grupo de cinco países em desenvolvimento (Brasil, Rússia, China, Índia e África do Sul) cuja principal marca é a consolidação de processos de mobilidade social responsáveis pela diminuição de taxas de pobreza e aumento da classe média. Juntos, esses cinco países compreendem mais de 40% da população mundial, sendo que um contingente cada vez maior dessa população vive em cidades. Assim, a questão que se coloca é de que maneira esses processos de mobilidade social se traduzem em melhoria na qualidade de vida nas cidades? Como parte do seu projeto BRICS-Urb, e em diálogo com o Instituto Pereira Passos, o BPC propõe analisar, de forma comparada, a qualidade de vida nas principais cidades dos BRICS, utilizando índices tais como o “Liveability Ranking” desenvolvido pela Economist Intelligence Unit, assim como metodologias próprias sendo elaboradas pelos pesquisadores da parceria. Leia mais

 

 

Resultado do 4º Processo Seletivo | Programa de Fellows do BPC

Os novos Fellows selecionados chegarão ao BPC a partir de março. 

Dra. He Wenping
Nacionalidade: Chinesa
Instituição: Institute of West Asian & African Studies (IWAAS) | Chinese Academy of Social Sciences (CASS).


Dra. Sudha Mohan
Nacionalidade: Indiana
Instituição: Department of Civics and Politics, University Of Mumbai, India.

 

 

 

Entrevistas BPC

Retrospectiva de 2012 e Perspectivas para a próxima década: Opiniões de especialistas em China no exterior. 

Durante o mês de dezembro, a Profa. Adriana Erthal Abdenur foi entrevistada pela Agência de Notícias Xinhua. A entrevista, sob o título "Retrospectiva de 2012 e Perspectivas para a próxima década: Opiniões de especialistas em China no exterior", saiu numa série publicada no Cankao Xiaoxi, diário de maior tiragem na China,  ao longo de quatro edições. A entrevista incluiu temas desde a transição do modelo econômico chinês para o consumo doméstico; a alteração da pauta de exportações e importações; o upgrading dos manufaturados; e investimentos nas áreas de educação e inovação; e os desafios da segurança na Ásia-Pacífico. Leia mais

Rádio Voz da Rússia entrevista o pesquisador do BRICS Policy Center, Sérgio Veloso.

O correspondente da Rádio Voz da Rússia no Rio de Janeiro, Alexei Lazarev, conversa com pesquisador do BRICS Policy Center, Sérgio Veloso, sobre as atividades do Centro em 2012 e as perspectivas para 2013. Confira o áudio da entrevista


 

Entrevistas com Fellows

Assista às entrevistas  realizadas com os pesquisadores visitantes que estiveram no BPC no final do ano de 2012:

- Dr. Calindi, fellow do BRICS Policy Center no Núcleo de SISTEMAS DE INOVAÇÃO E GOVERNANÇA DO DESENVOLVIMENTO.  Na entrevista, os seguintes temas são abordados: Perspectiva da Índia sobre propriedade intelectual; Cooperação em medicamentos genéricos entre Brasil, Índia e África do Sul; BRICS e a agenda da propriedade intelectual.

- Dr. Haibin Niu, fellow do BRICS Policy Center no Núcleo de POLÍTICA INTERNACIONAL E AGENDA MULTILATERAL. Na entrevista, os seguintes temas são abordados: Transição politica Chinesa; Politica externa chinesa pós-transição; China e a crise regional; China, BRICS, e a Responsabilidade de Proteger e ao Proteger; Dimensões politicas dos BRICS; BRICS e a Reforma das Instituições Internacionais.

- Dr. Meena, fellow do BRICS Policy Center no Núcleo de ANÁLISES DA ECONOMIA E POLÍTICA. Na entrevista, os seguintes temas são abordados: Geopolítica crítica; Geopolítica crítica e a alternativa para os BRICS; BRICS, o Oeste e a ordem pós-Ocidental; Globalizacao e os BRICS;  Os BRICS podem ser uma região?

 

 
  Publicações
 
 

Para  acessar as publicações do BRICS Policy Center, selecione abaixo.

POLICY BRIEFS
BRICS MONITORS 
RESENHAS

 
 
  Pesquise também na BIBLIOTECA do BPC.  
 

 

  BRICSpédia
 
 

O BRICSpédia é uma seção no site do  BPC onde o usuário  poderá encontrar informações gerais sobre os países BRICS.



BRICSPÉDIA

 
 

 

 Eventos futuros
 
 

 

 
 

BPC na participação do Fórum de Think Tanks, em 2013, em Durban, África do Sul

O Fórum Acadêmico dos BRICS é um evento anual que antecede a realização da Cúpula dos BRICS, no país sede do encontro. Esse evento, com duração de dois dias, reúne especialistas e pesquisadores de comunidades acadêmicas dos países membros, possui três objetivos principais: (1) Aprofundar a cooperação (colaboração) a respeito da pesquisa em temas de interesses mútuos; (2) estabelecer redes de comunicação entre tais comunidades e (3) prover aos líderes e público dos BRICS fontes de pesquisa acerca dos temas que serão abordados na Cúpula.

Leia Mais

 
 BPC nas redes sociais
 
 

Follow Us

Siga o BPC nas redes sociais para ter acesso às atualizações e novidades do Centro, além de publicações acadêmicas e arquivos multimídia.